Como usar os recursos audiovisuais da GRN - 1: Levando o Evangelho

As figuras usadas com o aparelho de som Saber
As figuras usadas com o aparelho de som Saber
Uma figura do livro Boas Novas
Toca-fitas digital a corda e figuras

Levando o Evangelho!

Material audiovisual da GRN para o ensino do Evangelho de Cristo como descrito na Bíblia

Neste artigo damos instruções sobre algumas das muitas formas que nossos recursos audiovisuais podem ser usados.

1. Ministério com adultos

  1. Evangelismo Básico
    • Em hospitais, prisões, escolas, etc.
    • Visitas nos lares
    • Evangelismo ao ar-livre e mercados
    • Testemunho pessoal
    • Fazendo contato com pessoas que falam uma língua diferente
  2. Discipulado Básico
    • Estudos bíblicos e Grupos de estudo
  3. Treinamento em evangelização
  4. Treinando e equipando pastores (especialmente aqueles que trabalham com povos não-alfabetizados, de tradições orais)

2. Ministério infantil

  1. Evangelismo básico
  2. Discipulado básico
  3. Treinamento em evangelização

As gravações de áudio são projetadas para serem usadas em conjunto com as respectivas figuras. Há situações, no entanto, em que podem ser usadas separadamente. Para dispensar o uso das figuras aconselhamos as gravações especialmente preparadas para uso solo, que não citam as figuras em suas narrações (por exemplo, temos uma versão do roteiro Boas Novas que pode ser usado tanto com ou sem as figuras. É marcado com o símbolo ^ (GN^) na apresentação do áudio.)

Os conjuntos de figuras podem ser usados com as respectivas gravações ou com a narrativa do 'contador de histórias/pregador'. Podem também ser usadas por um 'professor' em estudos de grupo ou individuais. Ao usar o material no nível básico, o evangelista precisa apenas saber como usar o aparelho de som, mostrando cada figura na hora certa. Mas o ideal seria que o evangelista possa também interagir com o público, fazendo perguntas, provocando comentários e discussões, dando maiores explicações e contando histórias adicionais. O evangelista precisa então, tornar-se familiarizado com o roteiro e com as mensagens de cada figura. É fundamental que o evangelista pratique várias vezes antes de levar o material 'ao campo'.

Exemplos

Os cenários descritos a seguir são exemplos de como o material pode ser usado no evangelismo básico e discipulado. (Repare que o pronome masculino 'ele' é usado todo o tempo, mas o evangelista, pregador ou contador de histórias, pode ser, obviamente, um homem ou uma mulher.)

Cenário 1. "De uma só vez"

A gravação de áudio é tocada do início ao fim (contanto que todos estejam dispostos a ouvir) enquanto alguém à frente exibe as ilustrações para que todos possam ver a acompanhar a história. Cada figura é mostrada na hora apropriada (indicado geralmente na gravação por um som característico).

Este método praticamente não requer qualquer treinamento ou preparação. Pode ser usado tanto com uma pessoa quanto com um grupo familiar ou aglomerado no mercado público, na igreja ou em qualquer lugar em que hajam pessoas reunidas para assistir.

Se quiser, o evangelista pode deixar com os ouvintes algumas cópias das gravações e uns livretos ilustrados, para que sejam usados outras vezes mais. Ele pode até deixar o aparelho de som, e ao retornar, após algum tempo, verificar o rendimento das pessoas na compreensão das mensagens e se desejam se tornar seguidores de Jesus, ou precisam de mais informação e continuidade no ensino.

Cenário 2. "Em capítulos"

O evangelista faz um plano de divisão de capítulos no programa, definindo onde aplicar as pausas (e.g. em cada figura ou cada grupo de figuras) e parar a gravação nos devidos pontos. Ele poderá então, se puder, colocar cada parte das histórias em discussão entre o grupo de pessoas. Tendo algumas perguntas preparadas, ele pode verificar o nível de compreensão. Ele pode também decidir repetir algumas histórias, pode pedir a alguém do grupo que reconte a história com suas próprias palavras. Ele pode inclusive pregar um sermão baseado na história. Ou pode simplesmente tocar o mesmo capítulo várias vezes.

Neste cenário, o evangelista pode retornar no dia seguinte ou na semana seguinte para continuar a apresentação. Ele pode levar às pessoas este programa em capítulos, de pessoa a pessoa, de casa em casa, de vila em vila!

Cenário 3. "Interativo"

O evangelista pode decidir parar a gravação a qualquer momento para interagir com a audiência quando achar oportuno.

Cenário 4. "Sem as gravações"

Sendo o evangelista bem treinado nas Escrituras, ele pode usar as figuras sem a ajuda das gravações, contando as histórias por si mesmo enquanto mostra as figuras, podendo parar a qualquer momento para interagir com os ouvintes e então continuar com a história quando for apropriado.

Cenário 5. "Grandes aglomerados"

Ao utilizar o material com um grupo numeroso de pessoas ao ar livre e mercados públicos, pode se fazer necessário o uso de auto falantes e cartazes com as figuras. Os cenários acima podem ser adaptados para esta situação específica.

Uso das gravações para ensinar e evangelizar

Prepare o MATERIAL

Coloque as gravações em ordem com bastante antecedência.

Verifique o seu equipamento de som (funcionamento, volume, baterias/energia).

Verifique a qualidade das gravações, se podem ser entendidas com clareza e o conteúdo da mensagem.

Prepare-SE

Ore pelos que ouvirão as gravações.

Escolha a mensagem com cuidado e antecedência.

Ouça você mesmo o programa.

Se puder, leia as passagens bíblicas usadas no programa, e medite no que está escrito, verificando anotações e outros livros sobre o assunto levantado.

Prepare perguntas, ilustrações adicionais, explicações e assuntos para discussão.

IMPORTANTE: O programa é bem completo, mas não seja preguiçoso! Uma boa preparação vai multiplicar o impacto.

Se tiver problemas técnicos que não consiga resolver, entre em contato conosco para receber orientação.

Prepare o MINISTÉRIO

Se estiver trabalhando em equipe, faça a preparação acima juntamente com eles.

Planeje a programação:

  1. Escolha um horário apropriado, quando as pessoas terão tempo para ouvir.
  2. Escolha um local apropriado, livre de interrupções.
  3. Encontre o melhor local para instalar o equipamento, auto falantes, figuras, etc.
  4. Planeje a disposição dos assentos para garantir o envolvimento das pessoas.
  5. Pense em como conseguir que os ouvintes interajam.

Prepare-se para guiar aos que responderem à mensagem, isto é, esteja pronto para levá-los a Cristo, lembre de convidá-los para outros encontros, tenha CDs ou fitas cassetes para deixar com eles etc.

Pratique! A melhor forma de aprender é fazendo. Cada vez que você usar o material estará aperfeiçoando seus métodos de explicação das partes difíceis de entender, aprenderá como aplicar boas perguntas e como dar exemplos mais esclarecedores.

Mantenha anotações

Se você usa vários materiais da GRN, pode lhe ser útil manter uma lista das gravações, figuras e aparelhos e fazer anotações de onde e como estão sendo usados.

Para maiores informações, leia "Como usar os recursos audiovisuais da GRN - Parte 2: Ensinando a Palavra".

Informações pertinentes

Saiba mais