O filho prodigo

Đề cương: Story of the prodigal son dramatized, with application. Invitation and sinner's prayer. There are several versions of this; some have direct Scripture quotes; others paraphrase.

Số kịch bản:108
ngôn ngữ:Portuguese
Chủ đề:Love of God; Grace and Mercy; Nature, character of God; Repentance; Leaving old way, begin new way; Forgiveness; Joy, happiness, rejoicing
Khán giả:General; Christian; Western
Kiểu dáng:Monolog
Thể loại:Bible Stories & Teac
Sự tinh tế:Simple
Mục đích:Evangelism; Teaching
Trích dẫn Kinh Thánh:Minimal
Status:Approved

Kịch bản này là một hướng dẫn cơ bản cho dịch và ghi âm trong các ngôn ngữ khác. Nó phải được thích nghi với nền văn hóa và ngôn ngữ để làm cho nó phù hợp với từng khu vực, nơi nó được sử dụng khác nhau. Một số thuật ngữ và khái niệm được sử dụng có thể cần một lời giải thích đầy đủ hơn hoặc thậm chí bị bỏ qua trong các nền văn hóa khác nhau.

Kịch bản

Certo homem tinha dois filhos. O mais moço deles disse ao pai, "Pai', me da a porçao que me cabe dos bens." Entao o pai repartiu lhes os seus bens.

Poucos dias depois, o filho mais moço vendeu tudo que tinha, e viajou para uma cidade dum pais distante. (3 seg.) La gastou o seu dinheiro insensatamente. (Adaptar para ocorrências locais) Depois de gastar tudo, sobre-veio uma grande fome naquele pais. O moço começou a sentir fome. Entao ajuntou-se a um dos homens da-quela terra, o qual o mandou para os campos cuidar dos porcos. (3 seg.) Ele tinha tanta fome que desejava far-tar-se da comida dos porcos mas ninguém dava-lhe nada. (3 seg.)

Finalmente começou a pensar certo. "Meu pai tem muitos criados, e eles todos tem mais comida do que preci-sam, e aqui estou eu, morrendo de fome. Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e lhe direi, `Pai, tenho pecado contra Deus e diante de ti. Nao sou mais digno de ser chamado o teu filho, trata-me como um dos teus trabalha-dores.'" Entao deixou aquele lugar e foi ter com seu pai. (5 seg.,)

Mas enquanto estava ainda longe, o seu pai o avistou e teve compaixao dele, e correu ao seu encontro. Tomando seu filho nos braços, o beijou. O filho lhe disse, "Pai tenho pecado contra Deus e diante de ti, nao sou digno de ser chamado teu filho." Mas o pai disse aos seus servos, "Trazei depressa a melhor roupa e vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos seus pés. Trazei também e matai o novilho cevado para uma grande festa. Por-que este meu filho estava morto, mas agora vive, estava perdido, mas foi achado." E todos estavam cheio de grande alegria. (3 seg. de sons locais de festejamento)

Esta história foi contada por Jesus para nos mostrar o quanto Deus nos ama.
Ele está a nossa espera, aguardando a volta de nos pecadores. Somos como o
filho na historia, nos todos temos seguido os nossos próprios caminhos, e
vontades pecaminosas. Quando o filho errado arrependeu-se e voltou, o pai o
recebeu alegremente. Assim também, Deus recebe o pecador que vem a Ele.
E por isso que Deus mandou Jesus para nos salvar. Jesus veio achar, buscar e
salvar os perdidos.

Venha a Deus e diga-Lhe, "Deus, sou um pecador, mas creio que Jesus pode me salvar. Eu creio que Jesus so-freu a minha pena, o meu castigo. Me perdoe por amor de Jesus. Eu renuncio os caminhos do pecado. Seguirei somente a Jesus. Quero que sejas o meu Pai. Faças-me teu filho verdadeiro, em nome de Jesus, Amém."
Ref. Lu. 15:11-24