Olhe, Ouça e Viva Livro 4: Servos de Deus

Outline: Ruth, Samuel, David, Elijah. 24 sections. It has a picture book to go along with the recording.

Script Number:421
Language:Portuguese: Brazil
Theme:Multiple themes
Audience:General
Style:Monolog
Genre:Bible Story
Sophistication:General
Purpose:Teaching
Bible Quotation:Direct
状態:Approved

Scripts are basic guidelines for translation and recording into other languages. They should be adapted as necessary to make them understandable and relevant for each different culture and language. Some terms and concepts used may need more explanation or even be replaced or omitted completely.

Script Text

Livro 4 – Lado A: Servos de Deus

Alô amigos. Deus nos ama e se importa com todos, mas reserva um especial cuidado e carinho por todos aqueles que o ama e obedece.
Ouça estas histórias verdadeiras, enquanto você vê as figuras do livro amarelo. Olhe para próxima figura quando você ouvir este som. (Sinal)

Figura 1: Uma família foge da fome

Figura 1: Uma família foge da fome

Rute 1:1-5

Depois que o povo israelita se instalaram na terra que Deus os prometeu muitos anos atrás, usufruíram de todas as boas promessas de Deus.
Deus escolheu Israel para ser o seu povo especial para conhecê-lo e adorará-lo.
Mas algumas vezes Israel se rebelava contra Deus, e adorava falsos deuses feitos por mãos de homens.
Então Deus enviava guerras e fome como uma maneira de fazer seu povo arrepender-se de sua rebeldia e voltar a temer somente o verdadeiro Deus.
Uma família dentre os israelitas resolveram deixar o país e morar numa terra estrangeira e por dez anos permaneceram lá até que o pai morreu.
Os dois filhos desta família se casaram com mulheres deste povo chamado Moabita. Estes filhos, nesse ínterim, morreram deixando as suas esposas viúvas sem filhos, e sua mãe com suas duas noras naquela terra estrangeira. (Sinal)

Figura 2: Duas mulheres retornam a Israel

Figura 2: Duas mulheres retornam a Israel

Rute 1:6-22

A mãe daquela família chamava-se Naomi e suas noras moabitas chamavam-se Rute e Orfa.
Naomi ouviu que havia farturas em Israel devido às chuvas e que Deus abençoava a nação com grande fartura nos produtos da terra e deciciu mudar-se de novo para o seu próprio país, e com ela foram as suas noras.
A certa altura do caminho Naomi volta-se para suas noras e as aconselhava a voltar para o seu róprio povo, pois ela, como viúva não lhes podia providenciar nenhum futuro, nem arranjar esposos para elas, em sua terra. Orfa voltou-se para o nseu próprio povo, com as bênçãos de Naomi, mas Rute lhe disse : "Não me faça voltar ou deixar-te porque onde quer que fores irei seu povo será meu povo e o seu Deus será o meu Deus." (Sinal)

Figura 3: Rute vai aos campos

Figura 3: Rute vai aos campos

Rute 2:1-23

Naquele período do ano a maioria do povo saía para os campos pois era tempo da colheita.
Naomi e Rute não tinham nenhum campo, pois eram muito pobres.
Rute disse a Naomi:
"Eu irei aos campos para apanhar os grãos que os ceifeiros não se importaram de apanhar." .
Rute se dirigiu a um campo próximo para apanhar os grãos.
Aquele campo pertencia a um homem muito rico chamado Boaz, que era um parente distante de Naomi, mas Rute não sabia disso.
Rute pediu permissão ao encarregado pela colheita para permitir-lhe apanhar as sobras.
Mais tarde Boaz veio aos campos para inspecionar a colheita e pergunta ao encarregado sobre quem era aquela mulher.
O homem responde a Boaz dizendo que era Rute, a estrangeira e nora de Naomi.
Boaz tinha ouvido como ela tinha sido boa para sua parente Naomi e viu como ela trabalhava muito para sustentar a sua sogra.
Então Boaz disse a Rute:
"Esteja pr'oxima dos meus ceifeiros porque eles vão cuidar de você."
Boaz orienta os seus trabalhadores para não a molestar e que deveria deixar alguns grãos para trás para que ela pudesse apanhar.
Rute volta para sua casa com muitos grãos e Naomi louva a Deus porque podia ver que Ele estava cuidando delas. (Sinal)

Figura 4: Naomi procura um esposo para Rute

Figura 4: Naomi procura um esposo para Rute

Rute 3:1-18

Havia um costume em Israel que, quando um homem morria, o seu parente mais próximo deveria casar com sua esposa. Um dia Naomi disse a Rute:
"Eu tenho que encontrar um marido para você, para que você tenha o seu próprio lar.
Boaz é nosso parente.
Nessa noite ele estará no lugar onde os trabalhadores separam a palha do trigo. Prepare-se e ponha a sua melhor roupa. Quando ele dormir, deite-se perto dos seus pés e ele saberá que você deseja casar-se com ele; este é o costume."
Quando Boaz acordou, ele explicou a Rute que também estava interessado em se casar com ela, mas havia um pequeno problema: um parente mais próximo seu é que deveria ter o direito de se casar com Rute. Mas ele disse que não se preocupasse porque ele arranjaria tudo. (Sinal)

Figura 5: Boaz aconselha-se com os anciãos

Figura 5: Boaz aconselha-se com os anciãos

Rute 4:1-22

Boaz chama o conselho de anciãos de sua cidade e o outro parente, que de acordo com o costume teria o direito de se casar com Rute.
Todos eles decidiram que Boaz deveria se casar com ela, e para selar o acordo, o homem entregou a Boaz as suas sandálias. Este era o costume em Israel. Agora Boaz estava livre para se casar com Rute.
Boaz e Rute tiveram um filho cujo nome era Obede.
Rute não era israelita, mas por escolha própria ela se tornou uma com o povo de Deus.
O filho de Rute, Obede, mais tarde se tornou pai de Jessé, que seria pai de Davi, o grande rei de Israel. (Sinal e música)

Figura 6: Maria e o anjo de Deus

Figura 6: Maria e o anjo de Deus

Lucas 1:26-38

Muitas gerações depois de Rute, Deus escolheu uma mulher para servi-lo. Seu nome era Maria, e era descendente de Rute.
Maria era uma virgem prometida a um homem chamado José.
Mas antes que eles se casassem, um anjo apareceu a Maria e lhe disse: "Não tema, Maria porque você achou graça e favor diante de Deus. Você dará à luz um filho cujo nome será Jesus, e ele será o filho do Deus Altíssimo."
Maria estava muito surpresa em ouvir isto, mas o anjo explicou que o seu filho não seria filho de José, mas de um modo sobrenatural ela se engravidaria pelo Espírito de Deus.
Maria respondeu ao anjo que como serva de Deus, ela faria a vontade de Deus. Ela deu à luz um filho cujo nome era Jesus, o filho de Deus. (Sinal e música)

Figura 7: Ana ora a Deus

Figura 7: Ana ora a Deus

1 Samuel 1:1-20

Na terra de Israel havia uma mulher cujo nome era Ana. Seu marido a amava mas ela era uma mulher muito infeliz porque não tinha nenhum filho.
Todos os anos ela e seu marido vinham à casa de Deus em Siló para fazer ofertas e sacrifícios segundo a lei ordenava.
Quando ela veio à casa de Deus ela orou:
"Senhor, se lembrares de mim e me deres um filho eu o dedicarei a ti para que te sirva todos os dias da sua vida."
Em sua oração somente os seus lábios moviam não permitindo nenhum som se ouvir.
O sacerdote da casa de Deus, Eli, e quando a ouviu, julgou que ela estivesse bêbada.
Mas Deus ouviu a oração de Ana, e algum tempo depois ela teve um filho, cujo nome era Samuel. (Sinal)

Figura 8: Samuel na casa de Deus

Figura 8: Samuel na casa de Deus

1 Samuel 1:24-28, 2:12-21, 3:1-21

Quando Samuel era ainda um recém-nascido, sua mãe o dedicou completamente a Deus para viver com o sacerdote Eli na casa de Deus que está em Siló.
Eli ensinou a Samuel como servir a Deus.
O sacerdote Eli tinha dois filhos, que também eram sacerdotes, mas estes eram perversos.
Por causa disso, Deus parou de falar aos homens através destes sacerdotes.
Uma noite quando Samuel já havia se recolhido aos seus aposentos, subtamente Deus chamou o seu nome.
Samuel prontamente correu aos aposentos de Eli e lhe disse:
"Aqui estou, você me chamou?"
Mas, Eli lhe respodeu:
"Eu não te chamei, volte para cama!"
Isto aconteceu por três vezes.
Então Eli reconheceu que era Deus quem chamava por Samuel então lhe disse:
"Quando acontecer de novo, diga:
Fale Senhor, porque o teu servo ouve."
Quando Deus voltou a falar a Samuel, ele se identificou como Deus Todo-Poderoso e verdadeiro e que queria guiar o seu povo Israel. Deus voltou a falar a Samuel muitas outras vezes e ele se tornou um grande sacerdote e líder em Israel. (Sinal)

Figura 9: Samuel ora por seu povo

Figura 9: Samuel ora por seu povo

1 Samuel 4:10-11, 7:2-14

Deus é justo e por isso puniu os filhos perversos do sacerdote Eli, sendo mortos numa batalha, e Israel foi derrotado por uma nação chamada Filístia.
Por vinte anos os filisteus dominaram sobre Israel.
Então Samuel disse ao povo:
"Se vocês lançarem fora os falsos deuses e voltarem os seus corações ao Senhor para o servir, Ele os livrará dos filisteus."
Os israelitas, por causa da opressão dos seus inimigos, obedeceram a Samuel.
Eles vieram ao lugar indicado por Samuel e ele ofereceu sacrifícios e intercessões a Deus a favor de Israel.
Os filisteus, sabendo dessa insurreição, se ajuntaram para combater Israel, mas Deus enviou sobre eles uma grande tempestade de pedras, os quais bateram em retirada, sendo derrotados por Israel. (Sinal)

Figura 10: Samuel unge Saul como rei de Israel

Figura 10: Samuel unge Saul como rei de Israel

1 Samuel 8:1-9, 9:15 - 10:1

Deus era o verdadeiro Rei sobre Israel e Samuel liderava o povo sob a direção de Deus, mas o povo queria um homem como rei, como as outras nações.
Samuel, quando ouviu o pedido do povo muito se desagradou, mas Deus disse a ele:
"Não foi a você que eles rejeitaram, mas a mim. Ouça o que o povo diz e lhes concea um rei."
Havia um jovem de boa aparência que se sobressaía acima de todos os ombros dos homens de Israel, cujo nome era Saul. Um dia quando Saul visita Samuel, e quando o profeta o vê, Deus lhe diz:
"Este é o homem que governará o meu povo."
Samuel toma um frasco de de óleo, e derrama sobre a cabeça de Saul. Este era o sinal que indicava que ele foi escolhido para ser o rei. Por quarenta anos Saul governou sobre Israel. (Sinal)

Figura 11: O fim do reinado de Saul

Figura 11: O fim do reinado de Saul

1 Samuel 15:1-29

Havia um povo na época de Samuel chamado amalequita, que muito rejudicou Israel, o povo de Deus.
Samuel, como profeta de Deus, transmitiu ao rei Saul uma mensagem de Deus: “Escute esta mensagem de Deus: mate todos os amalequitas e destrua tudo o que eles possuem."
Deus ajudou a Saul e seu exército a derrotar no campo de batalhja este povo perverso que ele estava julgando por causa da sua maldade, mas Saul desobedeceu a Deus, poupando ao rei dos amalequitas e o melhor dos seus animais, com a desculpa que era para sacrificar a Deus.
Samuel encontra-se com Saul e lhe disse:
"Porque você rejeitou o mandamento do Senhor, ele te rejeitou a ti como rei."
Quando Samuel virou-se para ir embora, Saul o agarrou pela sua capa, a qual rasgou-se em duas partes. Então Samuel disse a Saul:
"Deus dividiu o reino de Israel e o deu a um homem melhor que você."


Amigos, Saul ofereceu sacrifícios a Deus, mas não o obedeceu. Samuel serviu e obedeceu a Deus todos os dias de sua vida. Qual é melhor? Fazer obras religiosas ou servir a Deus? (Sinal e música)

Figura 12: Jesus na casa de Deus

Figura 12: Jesus na casa de Deus

Lucas 2:41-50

Muitos anos depois de Samuel, quando Jesus era apenas uma criança, seus pais, Maria e José o levaram a Jerusalém para uma festa e para conhecer a casa de Deus. Maria era a mãe de Jesus, mas Deus era o seu pai.
No meio de toda aquela multidão, Jesus se perdeu dos seus pais, ao que Maria e José o procuraram por toda a parte. Finalmente o acharam na casa de Deus, conversando com os professores e mestres judeus sobre Deus.
Maria disse a Jesus:
"Nós estávamos preocupados tentando achar você."
Mas Jesus lhe respondeu:
"Eu estava na casa do meu pai."
Quando era apenas um menino como Samuel, ele sabia que tinha que servir a Deus.
Jesus veio ao mundo para nos levar de volta, para ter comunhão com Deus, porque ele é o Rei e Soberano sobre toda a Terra. (Sinal e música)

Livro 4 – Lado B: Servos de Deus

Alguns dos maiores homens que já existiram foram servos de Deus.
Estas histórias nos contam o segredo do seu poder, de como Deus os fez grandes personagens da História.
Estas histórias se encontram na última parte do livro amarelo.
Observe as figuras enquanto ouve.
Olhe para a próxima figura quando você ouvir este som: (Sinal).

Figura 13: Davi, o bravo pastor de ovelhas

Figura 13: Davi, o bravo pastor de ovelhas

1 Samuel 16:1-13, 17:34-35

Saul foi o primeiro rei de Israel, mas foi desobediente a Deus; então Deus deixou a Saul e não o ajudou mais.
Havia um jovem pastor cujo nome era Davi, que cuidava das ovelhas de seu pai.
Por sua fé no Deus verdadeiro, ele não temia nada.
Um dia enquanto pastoreava, um leão atacou as suas ovelhas, mas Davi corajosamente o enfrentou matando-o com sua funda.
Ele foi o autor dos maravilhosos salmos de nossa Bíblia, que nos ensina a louvar e adorar a Deus.
Davi se tornou um homem que agradava a Deus em tudo quanto fazia. Então Deus o escolheu para ser rei em lugar de Saul. (Sinal)

Figura 14: Davi e o gigante Golias

Figura 14: Davi e o gigante Golias

1 Samuel 17:1-54

Naquele tempo havia guerra entre os filisteus e Israel.
Os filisteus tinham um guerreiro gigante ded nome Golias, que desafiava Israel nestes termos:
"Escolham um homem... se ele me vencer, a guerra está terminada e se nós vencermos vocês serão nossos escravos."
Os soldados de Israel muito temeram o gigante, e não queriam enfrentá-lo.
Mas o jovem Davi que visitava o acampamento disse:
"Quem é esse filisteu que ameaça assim o exército do Deus vivo?"
Davi não temia o gigante pois sabia que Deus poderia o ajudar a vencer o gigante.
Davi se ofereceu ao rei Saul ara matar o gigante. Davi desceu correndo para o vale e apanhou junto ao rio cinco pedras lisas para sua funda, e com uma delas acertou na testa do gigante, derrubando-o.
Davi correu para o gigante e com sua própria espada o matou.
Naquele dia Israel derrotou os filisteus. (Sinal)

Figura 15: O rei Saul tenta matar a Davi

Figura 15: O rei Saul tenta matar a Davi

1 Samuel 18:1 - 23:29

Quando Saul conheceu a Davi, muito se impressionou com a sua coragem, matando o gigante Golias e salvando a Israel.
Davi se tornou um valente soldado, sendo admirado por todo o povo.
Saul, a partir de então, começou a invejar a popularidade de Davi, temendo que o povo o fizesse rei.
Um dia, quando Davi tocava sua harpa para o rei, um espírito mau entrou em Saul, que fazendo uso da sua raiva contra Davi, tentou matá-lo com a sua lança.
Depois disso Saul tentou matar Davi muitas vezes, mas Deus, em todas as suas tentativas, livrou a Davi, seu servo.
Jonatas, filho de Saul, ajudou a Davi a fugir por sua vida. (Sinal)

Figura 16: Davi poupa a vida de Saul

Figura 16: Davi poupa a vida de Saul

1 Samuel 26:1-25

Saul e seu exército caçaram a Davi como um criminoso.
Um dia, quando Saul e seus homens dormiam, Davi e seus amigos entraram no acampamento do rei.
Um dos amigos de Davi queria matar o rei, aproveitando-se do sono dos soldados. Mas Davi o impediu, dizendo:
"Deus punirá aquele que causar algum mal ao seu escolhido."
Davi alcançou a lança e a jarra de água que estava na cabeceira do rei. Quando já estavam fora do acampamento, gritaram aos soldados do rei:
"Vocês que protegem o seu mestre, olhem! Aqui está a lança do rei."
E disse a Saul:
"Assim como eu poupei a sua vida, Deus poupará a minha."
Só depois deste fato é que Saul parou de buscar a Davi para matá-lo. (Sinal e música)

Figura 17: Davi é coroado rei

Figura 17: Davi é coroado rei

1 Samuel 31:1-7; 2 Samuel 5:1-25, 8:1-15

Novamente os filisteus fizeram guerra contra Israel.
O rei Saul e seu filho Jonatas foram mortos nessa batalha. O povo fez de Davi o seu novo rei. Davi construiu o seu palácio na cidade de Jerusalém. Deus então disse a Davi:
"Eu te escolhi para reinar sobre o meu povo enquanto ainda pastoreava as suas ovelhas.
Eu farei de você o maior rei que já existiu, e o seu trono será preservado para sempre."
Deus cumpriu o que prometeu dando a Davi supremacia sobre todas as nações ao redor. (Sinal)

Figura 18: Davi e Batseba

Figura 18: Davi e Batseba

2 Samuel 11:1 - 12:20

Um dia Davi estava andando no terraço do seu palácio quando viu uma linda mulher tomando banho.
Davia a desejou para si a todo custo.
O nome desta mulher era Batseba, esposa de Urias, comandante do exército de Davi.
Davi enviou uma mensagem para o comandande e chefe do seu exército que estava em guerra para que colocasse Urias numa posição em que pudesse ser morto.
Então Davi tomou Batseba para ser a sua mulher.
Estas coisas que Davi praticou muito desagradaram a Deus, por isso o primeiro filho do pecado de Davi morreu.
Davi reconheceu todo o mal que praticou e rogou a Deus que o perdoasse. (Sinal)

Figura 19: Uma casa para Deus

Figura 19: Uma casa para Deus

2 Samuel 7:1-29; 1 Crônicas 22:1-19

Na vida pessoal Davi pecou contra o seu Deus, mas ele amava a Deus e queria serví-lo, construindo uma casa para adoração pública. Mas Deus lhe disse:
"Você não construirá a minha casa, porque você matou muita gente. Você terá um filho de paz e ele levantará uma casa em meu nome. Eu estabelecerei o seu trono para sempre." Mais tarde, Salomão, filho de Davi, construiu um maravilhoso templo para a adoração de Deus que foi uma das maravilhas do seu tempo.
O povo de Israel adorou a Deus nesta casa por centenas de anos, e eles nunca se esqueceram de Davi, seu grande rei. (Sinal e música)

Figura 20: Jesus vem à Jerusalém

Figura 20: Jesus vem à Jerusalém

Mateus 21:1-11

Mil anos depois de Davi, Jesus nasce em Belém, da linhagem real de Davi.
Sua mãe foi uma virgem chamada Maria, mas seu pai foi o Deus Altíssimo.
Jesus foi o maior servo de Deus porque ele viveu para agradar a Deus e ensinava ao povo sobre a verdade, realizando muitos milagres.
Saul e Davi pecaram, bem como todos nós, mas Jesus, como representante da humanidade diante de Deus nunca cometeu um pecado sequer. Um dia Jesus entrou em Jerusalém montado em um jumento.
Todo o povo clamava com grande alegria:
"Hosana ao filho de Davi, Hosana ao que vem em nome do Senhor, bendito seja seu nome."
O povo de Jerusalém reconheceu em Jesus maior virtude que em Davi. Ele é o Rei sobre todos os reis da terra. (Sinal e música)

Figura 21: Elias, o profeta de Deus

Figura 21: Elias, o profeta de Deus

1 Reis 16:29 - 17:6

Depois de Davi e Salomão, outros reis governaram em Israel.
Um deles era um homem chamado Acabe. Ele se casou com uma mulher maligna chamada Jezabel.
Jezabel lançou uma campanha para matar todos os profetas de Deus.
Ela forçou o povo de Deus a adorar um falso deus chamado Baal.
Elias foi um profeta de Deus naquele tempo. Deus diz a Elias:
"Diga a Acabe: por causa dos seus pecados não haverá chuva nem orvalho em Israel nos próximos três anos."
Juntamente com a seca , uma grande fome assolou aquela terra, mas Deus cuidou do seu profeta, mandando-o viver perto de uma nascente de água.
Pela manhã e à tarde Deus enviava pássaros com carne e pão para alimentar o seu profeta. (Sinal)

Figura 22: Elias e o fogo de Deus

Figura 22: Elias e o fogo de Deus

1 Reis 18:16-39

No fim do terceiro ano da fome e da seca, Elias chamou a Acabe e todo o povo de Deus no Monte Carmelo, e lhe diz:
"Se o Senhor é Deus, sirva-o; se Baal é deus, sirva-o! Até quando estarão divididos?"
Elias desafiou os profetas do falso deus Baal a fazer fogo cair do céu e queimar o holocausto preparado para a ocasião.
Primeiro foi a vez dos profetas de Baal, mas estes não tiveram nenhuma resposta. Depois de muitas horas
de tentativas, Elias tomou a sua vez. Ele clamou ao Deus Altíssimo e ao povo de Deus para que se achegassem a ele, ed que Deus, o Senhor, seria revelado:
Elias fez uma pequena oração. E Deus imediatamente enviou fogo do céu, que consumiu o holocausto diante dos olhos maravilhados do povo de Deus, e diante dos olhos atterrorizados dos profetas de Baal.
Depois de tamanha manisfestação de poder, o povo lançou mão dos profetas de Baal e os mataram.
Todo o povo gritava:
"O Senhor é Deus, o Senhor é Deus." (Sinal)

Figura 23: Elias sobe ao céu numa carruagem de fogo

Figura 23: Elias sobe ao céu numa carruagem de fogo

1 Reis 19:1-21; 2 Reis 2:1-14

Muito tempo depois do conflito do Carmelo, Deus diz a Elias para escolher um sucessor. Elias entendeu que o seu tempo estava terminando. Um dia ele encontra com um jovem chamado Eliseu arando um campo e Deus lhe disse:
“Aquele jovem será o seu profeta.”
Elias ensina o seu discípulo a servir e adorar a Deus em obediência.
Um dia quando ambos andavam por uma estrada, uma carruagem de fogo veio do céu e arrebatou o profeta Elias, num instante, diante dos olhos do seu discípulo Eliseu.
Eliseu continuou a sua vida de obediência a Deus como profeta. (Sinal)

Figura 24: Elias e Moisés aparecem a Jesus

Figura 24: Elias e Moisés aparecem a Jesus

Lucas 9:28-36

No tempo de Jesus, aproximadamente setecentos anos depois de Elias, enquanto orava em um monte fora de Jerusálem, Elias retornou à terra. E juntamente com ele, Moíses, o primeiro líder do povo de Deus.
Naquela incrível reunião, Deus fala à viva voz: “Este é meu filho Jesus, a Ele ouvi.”
Três dos discípulos de Jesus a tudo ouviram naquela ocasião.
De todos os grandes profetas de Deus que viveram, apontaram para Jesus.
Jesus veio ao mundo para mostrar aos homens como servir a Deus e para morrer pelos nossos pecados, ressuscitando dos mortos e vive para sempre em nossos corações.
Para ter vida eterna, é preciso ouvir ao que Jesus diz. (Sinal e música)

関連情報