Olhe, Ouça e Viva Livro 8: Atos do Espírito Santo e da Igreja

Garis besar: The Young Church and Paul. 24 sections. It has a picture book to go along with the recording.

Nomor naskah:425
Bahasa:Portuguese: Brazil
Tema:Holy Spirit; Multiple themes
Pengunjung:General
Gaya:Monolog
Jenis:Bible Story
Kecanggihan:General
Tujuan:Teaching
Kutipan Alkitab:Direct
Status:Approved

Naskah ini adalah petunjuk dasar untuk menerjemahkan dan merekam ke dalam bahasa-bahasa lain. Naskah ini harus disesuaikan seperlunya agar dapat dimengerti dan sesuai bagi setiap budaya dan bahasa yang berbeda. Beberapa istilah dan konsep yang digunakan mungkin butuh penjelasan lebih jauh, atau diganti atau bahkan dihilangkan.

Isi Naskah

Lado A: Introdução

Saudações amigos,você sabia que o Deus verdadeiro habita com seu povo por meio do seu Espírito Santo? Vou contar-lhes como e quando isto aconteceu. Enquanto ouve a fita cassete, olhe para as figuras do livro de ilustrações, vire a próxima página quando ouvir este som.

Figura 1: Jesus sobe ao céu

Figura 1: Jesus sobe ao céu

At 1:1-11

Nós ouvimos nas histórias anteriores sobre a vida de Jesus Cristo e seus ensinos.
Os muitos milagres que realizou demonstrou que Ele era mais do que um homem pecador como nós.
Ele era o filho de Deus.
Contudo, Ele obedecia ao que Deus o seu Pai, .
Jesus morreu numa cruz por nossos pecados, mas voltou a vida ao terceiro dia, aparecendo a muitas pessoas durante quarenta dias.
Num dos seus últimos encontros com seus discípulos, Ele lhes disse:
"Meu Pai me deu todo o poder no céu e na terra.
Eu quero que vocês vão por todas as nações e proclamem o evangelho a todo mundo; e estarei com vocês até o fim".
Então Jesus tomou seus discípulos e os levou a um monte chamado Oliveiras e lhes disse de novo:
"Não se ausentem de Jerusalém até que recebam a promessa que fiz: O Espírito Santo.
Ele estará com vocês e lhes concederá poder, para testemunhar sobre mim, começando aqui em Jerusalém, na Judéia, Samaria e a todas as nações".
Enquanto falava, Jesus foi arrebatado no ar sendo encoberto por uma nuvem e os discípulos não o viram mais.
Dois anjos apareceram aos discípulos lhes dizendo que da mesma forma que Jesus foi para o céu, voltará de novo.

Figura 2: A vinda do Espírito Santo

Figura 2: A vinda do Espírito Santo

At 2:1-12

Depois que Jesus subiu ao céu, seus discípulos voltaram para Jerusalém, como Jesus lhes pediu.
Dez dias depois, todos os discípulos de Jesus estavam reunidos em uma casa
"Eis que um vento forte vindo do céu desceu sobre aquela casa.
O som do vento foi tão forte que uma multidão foi para o local.
Testemunhas disseram que algo como pequenas bolas de fogo repousavam sobre as cabeças de cada um dos discípulos de Jesus e começaram a falar numa língua estranha".
Os discípulos estavam surpresos porque isto nunca tinha acontecido antes, mas estavam cheios de alegria, pois reconheceram que isto fazia parte da promessa de Jesus: a vinda do Espírito Santo.
Agora sabiam que o Espírito Santo estaria com eles aonde quer que fossem e em todas as circunstâncias de suas vidas.
Algo mais aconteceu naquele dia, eles perderam o medo que tinham da dos líderes judeus, dos mesmos que tinham matado Jesus.
A promessa do Espírito Santo e para todos os que crêem em todas os tempos. Ele nos ensinará sobre Jesus e fará entender a Palavra de Deus, ajudando-nos a saber entre o certo e o errado.

Figura 3: Pedro e sua mensagem

Figura 3: Pedro e sua mensagem

At 2:14-41

Por aquela ocasião havia pessoas de todas as nações em Jerusalém.
Quando o Espírito Santo veio sobre os discípulos eles falaram as línguas estranhas.
A multidão que se reuniu ao redor da casa os ouviam falar em suas próprias línguas dos seus países de origem, sendo um sinal divino para que deviam escutar a mensagem destes discípulos de Jesus, mas alguns dentre o povo zombavam, dizendo que eles estavam bêbados.
Pedro, sendo o líder dos discípulos se levantou e disse:
"Amigos, estes homens não estão bêbados, mas isto é o cumprimento de uma antiga profecia do profeta Joel.
Ele disse que nos últimos dias Deus derramaria do seu Espírito sobre seu povo e que manifestaria grandes sinais milagrosos".
Pedro disse que o que os profetas falaram cumpriram-se em Jesus e que a vinda do Espírito de Deus era uma dessas promessas.
Deus em Jesus Cristo perdoa nossos pecados com base no sacrifício na cruz, o justo pelos injustos.
E quando alguém crê em Cristo recebe o perdão e reconciliação, vivendo na condição de filho de Deus.
O Espírito Santo habita no coração de todo aquele que crê em Cristo.
Pedro disse que aquele que crucificaram era o salvador do mundo, e ao ouvirem isto, o povo muito se perturbou e diziam:
"Irmãos, que vamos fazer?
Ao que Pedro respondeu:
"Cada um de vocês devem se arrepender de seus pecados e ser batizado em nome de Jesus e então recebereis o dom do Espírito Santo".
Muitos dos que ouviram a proclamação de Pedro creram, e foram batizados naquele dia três mil pessoas.

Figura 4: A primeira igreja

Figura 4: A primeira igreja

At 2:42-47

Muitas pessoas em Jerusalém se tornaram seguidoras de um movimento religioso, chamado "O caminho", porém, mais tarde eles foram chamados "Cristãos".
Os que creram em Jesus através dos apóstolos viviam como uma grande família, compartilhando as refeições, cuidado uns dos outros e reuniam para as orações no grande templo de Jerusalém.
Enquanto isso, mais e mais pessoas eram acrescentadas a esta comunidade chamada "a igreja".
Por causa do modo como viviam.
Isto é um exemplo para nós também.
Pois aqueles que ainda não creram em Jesus nos observa para ver se refletimos alguma semelhança com Jesus. Jesus disse:
"E nisto saberão que sois meus discípulos, se tiverem amor uns pelos outros".
(João 13:34-35)

Figura 5: A cura de um aleijado

Figura 5: A cura de um aleijado

At 3:1 - 4:4

Um certo dia Pedro e João iam ao templo para a oração das três horas da tarde.
Eis que havia um aleijado de nascença que esmolava na porta do templo. Ao vê-los aproximando, o mendigo lhes pediu uma esmola.
Pedro e João sabiam que aquele homem era um aleijado de nascença; então olharam para ele e Pedro lhe disse:
"Nós não temos dinheiro para te dar, mas o que temos te damos: Em nome de Jesus Cristo, levante-se e ande!"
E Pedro tomando-o pela mão, o levantou; imediatamente seus pés se firmaram e ele passou a andar e entrou com eles no templo saltando e louvando a Deus.
Viu-o todo o povo a andar e a louvar a Deus, e reconheceram ser ele o mesmo que esmolava à porta do templo, e encheram de grande admiração, por isto que lhe acontecera.
Logo uma multidão se reuniu na porta do templo para saber como isto aconteceu. Pedro se dirigiu ao povo dizendo:
"Porque estão surpresos que uma coisa como esta tenha acontecido?
Não olhem assim para nós, como se pelo nosso próprio poder tenhamos feito este homem andar.
Pela fé no nome de Jesus, este mesmo nome fortaleceu a este homem que agora vêem e reconhecem.
Este homem creu no poder de Jesus para curar e agora é capaz de andar. Sim, este mesmo Jesus a quem vocês mataram, mas Deus o ressuscitou dos mortos, eu e João somos testemunhas disto !
Vocês o mataram, porque não entenderam que Ele era aquele que Deus tinha enviado para ser o salvador de Israel, mas tudo isto estava nos planos de Deus.
Agora arrependam dos pecados e creiam em Jesus.
Ele os perdoará e lhes dará o Espírito Santo".
Pedro ainda falava quando os soldados chegaram e o prenderam por ordem dos líderes judeus, pois estavam muito zangados pelo fato de estarem ensinando ao povo que Jesus tinha ressuscitado dos mortos.
Porém os que ouviram a Palavra, creram sendo o número de quase cinco mil homens.
O mesmo poder que Pedro e João tinha, todo aquele que crê em Jesus também pode ter.
Devemos viver em contato com Deus para saber como haveremos de o glorificar, por nossas obras.

Figura 6: O castigo de uma mentira

Figura 6: O castigo de uma mentira

At 5:1-11

Havia um casal que se chamavam Ananias e Safira, e os mesmos venderam uma propriedade e decidiram dar todo o dinheiro para as obras sociais da igreja.
Mas de acordo com sua mulher, Ananias guardou parte do dinheiro consigo, e levou o resto para os apóstolos declarando que aquele era o total.
Pedro então lhe diz:
"Ananias, porque você deixou satanás encher seu coração para mentir?
Conservando todo o dinheiro não seria seu? Você não mentiu a homens, mas à Deus !"
Depois destas palavras, Ananias caiu morto, e veio grande temor entre os ouvintes.
Algum tempo depois Safira chega e Pedro se dirige a ela e disse:
"Vocês venderam aquela terra por tanto?"
Ela responde:
"Sim, por tanto".
Pedro lhe dirige a palavra de novo:
"Porque você entrou em acordo para tentar o Espírito de Deus?"
E ouvindo isto, Safira caiu morta, sendo depois sepultada com seu marido.
Os que ouviram sobre este acontecimento muito temeram e entenderam que o pecado muito desagrada a Deus.
Devemos agradar a Deus nas coisas que praticamos e falamos.

Figura 7: Estevão, uma testemunha fiel

Figura 7: Estevão, uma testemunha fiel

At 6:1 - 8:3

Os cristãos de Jerusalém ajudavam uns aos outros, especialmente os pobres e enfermos.
Era uma grande tarefa cuidar de todos aqueles necessitados.
Então os apóstolos elegeram sete homens para cuidar deste trabalho. Estevão era um desses homens.
Tudo que ele fazia e dizia era muito bom.
Ajudando os pobres também lhes falava de Jesus obtendo a atenção de muitos.
O fato de ele estar falando de Jesus abertamente muito enfureceu os judeus que prendendo-o levaram-no para o tribunal e o acusaram de muitas coisas, apresentando testemunhas falsas contra ele.
Mas Estevão não teve medo o que lhe poderia acontecer e com mais coragem lhe dava testemunho a respeito de Jesus, pois sabia que Deus estava com ele.
Os judeus enfurecidos o arrastaram para fora da cidade e o apedrejaram até a morte.
Porém Estevão olhava para o céu e dizia:
"Senhor Jesus, não os condene por causa deste pecado".
O líder daquela turma que apedrejava Estevão era um jovem chamado Saulo que a tudo assistia.
Homens malignos ainda não gosta do povo de Deus hoje, porém Deus prometeu nunca nos abandonar, até mesmo na morte não temeremos porque Ele está conosco.

Figura 8: As Boas Novas se espalham

Figura 8: As Boas Novas se espalham

At 8:4-8, 26-46

Este Saulo, que era da cidade de Tarso foi um dos instrumentos usados pelos líderes religiosos dos judeus para perseguir os cristãos.
E como resultado, eles fugiram de Jerusalém, mas onde quer iam anunciavam a fé em Jesus sem nenhum temor, e muitos dos que ouviam seu testemunho se tornaram cristãos.
Um destes líderes cristãos que deixaram Jerusalém era um homem Felipe. Instalando-se numa cidade chamada Samaria, falava da sua fé a todos quantos Deus lhe dava oportunidade, e o Espírito Santo operava com muito poder através do testemunho que Felipe dava de Jesus, realizando muitos milagres na cura de enfermos, e de endemoniados e muitos receberam Jesus em seus corações e houve grande alegria naquela cidade.
Um dia um anjo de Deus trouxe uma mensagem a Felipe para que fosse para a estrada do deserto de Gaza.
Quando Felipe chegou lá viu uma carruagem que vinha pelo caminho. Aproximando-se da carruagem ouviu seu passageiro lendo a Palavra de Deus.
Este passageiro era um ilustre oficial do reino da Etiópia, e Felipe aproximando-se perguntou se ele entendia o que lia.
O ilustre oficial disse que precisava de alguém que lhe explicasse a mensagem deste livro maravilhoso.
Subindo na carruagem, notou que lia o livro do profeta Isaías, que falava sobre o sofrimento do Messias, o enviado de Deus, um destes versos dizia:
"Como cordeiro ele foi levado ao matadouro; e como ovelha muda perante seus tosquiadores, ele não abriu sua boca".
Felipe lhe explicou que a escritura falava sobre Jesus e lhe explicou muitas outras coisas nas Escrituras.
O viajantes creu no testemunho de Felipe e foi batizado numa fonte próxima ao longo da estrada e depois seguiu seu caminho cheio de alegria.
Assim como Felipe devemos estar prontos para fazer o que Deus nos mandar fazer.

Figura 9: A visão de Pedro

Figura 9: A visão de Pedro

At 10:9-18

As Boas Novas de Jesus espalhavam-se rapidamente, mas somente entre os judeus.
Deus queria que as outras nações também cressem em Jesus , por isso enviou uma mensagem especial para o apóstolo Pedro.
Foi assim que aconteceu:
Um dia Pedro subiu no terraço de uma casa para orar.
Em meio as suas orações ele teve uma visão que vinha de Deus.
Então viu o céu aberto e descendo um objeto como se fosse um grande lençol, o qual era baixado a terra pelas quatro pontas.
Nesse lençol tinha todo tipo de animais considerados imundos pela tradição dos judeus.
E ouviu-se uma voz que se dirigia a ele:
"Levanta-te Pedro, mata e come!"
Pedro respondeu:
"De modo nenhum Senhor, jamais comi coisa imunda!"
Pela segunda vez a voz lhe falou:
"Ao que Deus purificou não consideres impuro !"
E a seguir o lençol foi recolhido para o céu.

Figura 10: Pedro e os romanos

Figura 10: Pedro e os romanos

At 10:1-48

Ainda intrigado com aquela visão, três visitantes chegaram à casa onde Pedro se hospedara, procurando por alguém chamado Pedro.
O Espírito de Deus disse a Pedro que não temesse pois aqueles homens foram trazidos ali por Deus.
Aqueles homens vieram de outra cidade, enviados por um homem chamado Cornélio, que era um centurião romano e temente a Deus.
Cornélio tinha sido visitado por um anjo de Deus que lhe disse para procurar por Pedro.
Os judeus consideravam os romanos impuros, mas Deus mostrou a Pedro naquela visão que teve, que nenhum povo é impuro.
Pedro foi com os homens para a casa do romano.
Quando chegou à casa de Cornélio, eis que este o esperava com todos seus parentes e amigos íntimos, e ao vê-lo, Cornélio ajoelha-se diante de Pedro, mas este lhe diz:
"Levante-se porque sou um homem, adore a Deus!
Pedro perguntou porque o tinha mandado chamar, o centurião lhe falou sobre o anjo, então Pedro proclamou as boas novas de Jesus àqueles pessoas.
Ele ainda falava quando o Espírito Santo visitou da mesma forma que aconteceu com os judeus.
E aconteceu que toda a casa de Cornélio creu e foram batizados, manifestando grande alegria.

Figura 11: Pedro na prisão

Figura 11: Pedro na prisão

At 12:1-11

Por esta ocasião, o rei Herodes começa a perseguir a igreja em Jerusalém, tendo matado um discípulo de Jesus chamado Tiago, e vendo que isto agradou aos judeus, prendeu também a Pedro, reservando para ele o mesmo destino.
Uma noite enquanto Pedro dormia acorrentado e fortemente guardado, eis que um anjo de Deus lhe apareceu e sua luz brilhava em todo aquele lugar, porém os guardas nada viram.
O anjo desperta a Pedro e imediatamente as algemas lhe caíram dos braços e levantando põe suas roupas e seguiu o anjo passando pelas sentinelas sem que eles o vissem.
Quando deu por si, ele já estava na rua, livre ! apartando-se dele ali o anjo de Deus.
Às vezes passamos por dificuldades e sofrimentos, podemos confiar que Deus cuidará de nós sempre onde que que estejamos.

Figura 12: Libertação pela oração

Figura 12: Libertação pela oração

At 12:12-19

Enquanto Pedro esteve na prisão, muitos cristãos reuniram-se para orar por ele, para que o Senhor Jesus o protegesse, pois sabiam que o poder de Deus é muito maior do que o poder dos homens.
Logo após sua libertação, Pedro se dirigiu para a casa de Maria, mãe de João Marcos, discípulos de Jesus.
Naquela casa havia um grande grupo de cristãos reunidos para orar pelas dificuldades que a igreja atravessava com a perseguição.
Quando Pedro bate na porta, uma jovem por nome Roda atendeu e quando reconheceu a voz de Pedro ao identificar-se, correu para dentro da casa para avisar os outros, sem contudo abrir-lhe a porta, e com muita alegria dizia:
"Pedro está lá fora".
Contudo o povo reunido não acreditou, achando que brinvava com eles. Pedro continuava batendo e então abriram a porta e todos após ouvirem a história da libertação de Pedro, muito alegres davam graças a Deus.
Esta história nos ajuda a compreender que Deus responde orações, pois Ele diz em sua Palavra:
"Clama a mim, e responder-te-ei; e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes".
Ef 3:20 "Ele é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos e pensamos, conforme seu poder que opera em nós".

Lado B: Introdução

Nós ouvimos dos momentos difíceis que a igreja passava em Jerusalém de um judeu religioso chamado Saulo que perseguia a igreja, julgando estar guardando a palavra de Deus.
Ainda conseguiu cartas dos líderes religiosos para prender os cristãos, a quem considerava como hereges em outras províncias e trazê-los para Jerusalém.
Esta é a história de Saulo.
Ouça e veja as figuras do livro de ilustrações, e quando ouvir este som , vire a página.

Figura 13: A história de um homem mudado

Figura 13: A história de um homem mudado

At 9:1-19

Saulo foi um jovem líder religioso dos judeus que perseguiu a igreja de Jesus.
Ele estava entre a turma que apedrejava Estevão, um líder cristão e desde então ameaçava de morte os cristãos.
Um dia conseguiu autorização dos sacerdotes para prender os cristãos na cidade de Damasco.
Seguindo pela estrada com seus companheiros, ao aproximar da cidade, subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor, sendo aquela hora quase meio dia.
E caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia:
"Saulo, Saulo, porque me persegues?"
"Quem és tu Senhor?
"Responde Saulo.
E a resposta foi:
"Eu Sou Jesus, a quem tu persegues, mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer".
Os companheiros de viagem pararam emudecidos ouvindo a voz, não vendo, contudo ninguém.
Então quando se levantou, Saulo percebeu que estava cego, e guiando-o pela mão, seus companheiros o guiaram à cidade.

Figura 14: Ananias e a cura de Saulo

Figura 14: Ananias e a cura de Saulo

At 9:10-20

Por três dias Saulo ficou cego, não comendo nem bebendo.
Havia naquela cidade um crente em Jesus, chamado Ananias, e este recebeu uma mensagem do Senhor, numa visão, para ir e orar por Saulo. Ananias sabia que Paulo era um perseguidor da igreja, mas não temeu obedecer a ordem de Deus.
Ananias foi a Saulo e impôs suas mãos sobre ele para que voltasse a visão e comunicar uma mensagem de Deus, que daquele dia em diante, Deus o tinha escolhido para pregar as Boas Novas de Jesus.
Imediatamente Saulo foi curado da sua cegueira e foi cheio do Espírito Santo de Deus, sendo batizado em água, para mostrar ao povo que ele era agora um seguidor de Jesus.
Ao invés de perseguir a igreja, ele passou daquele dia em diante a anunciar a Jesus.
Até seu nome foi mudado para Paulo.

Figura 15: Paulo, o missionário

Figura 15: Paulo, o missionário

At 13:1-3

Na igreja em Jerusalém tinha muitas pessoas que viajavam para as cidades próximas, principalmente uma cidade chamada Antioquia, e o testemunho de Jesus era falado com este povo e muitos creram.
A igreja enviou um homem chamado Barnabé para ver como o povo da Antioquia estava recebendo o Evangelho de Jesus.
Barnabé estava muito contente por ver as grandes maravilhas que Deus estava fazendo naquela cidade, quando muita gente estavam se tornando cristãs.
Mas o trabalho era muito para um só homem, por isso, chamou a Paulo para o ajudar no ensinamento destes novos cristãos.
Um dia, quando os líderes da igreja de Jerusalém orava, o Espírito Santo lhes disse:
"Eu tenho um trabalho especial para Paulo e Barnabé fazer, para que dêem o testemunho de Jesus em outros lugares também".
Depois de orar por eles os enviaram a lugares distantes para que proclamassem as Boas Novas de Jesus, de que Deus em Cristo nos perdoa e nos reconcilia consigo mesmo.

Amigos, a mesma tarefa que o Espírito Santo tinha para os primeiros missionários, ainda permanece hoje.
Há milhões de pessoas no mundo que ainda não ouviram de Jesus, para serem salvos.
O Senhor Jesus disse
" Ide por todo mundo e pregue o evangelho".

Figura 16: Uma mensagem para todas as nações

Figura 16: Uma mensagem para todas as nações

At 13:4-52

Paulo e Barnabé viajaram a muitos lugares compartilhando a mensagem de reconciliação com Deus através de Jesus, primeiramente ao seu próprio povo, os judeus, e os ensinava nestes termos:
"Povo de Israel, o Deus verdadeiro fez do nosso povo uma grande nação.
Ele nos deu grandes líderes e mestres.
Ele nos prometeu que um dia enviaria alguém que nos salvaria dos nossos pecados.
Este foi o Senhor Jesus, mas nosso povo não o recebeu quando Ele veio, porque nossos pais nos ensinaram errado.
Jesus não tinha culpa alguma, porém Eles o mataram, mas Deus Pai o ressuscitou dos mortos.
Qualquer um que crê em Jesus, recebe o direito de ser filho de Deus, pela fé no seu nome, pois ele perdoa os nossos pecados e nossa comunhão com Deus".
Muitos judeus e gentios creram na mensagem de Paulo e Barnabé com muito boa vontade, mas outros endureceram seus corações e enraivecidos contra Paulo e Barnabé falava com o povo que os expulsassem da região.
Daí por diante Paulo e Barnabé pregaram as boas novas somente para os gentios estabelecendo igrejas por onde quer que iam.

Figura 17: Ajuda para um país distante

Figura 17: Ajuda para um país distante

At 16:6-10

Depois de viajar por muitos lugares distantes, Paulo resolveu visitar aqueles que haviam crido em muitas províncias.
De fato, permaneceu com eles para os encorajar na fé e ensiná-los mais sobre Jesus, mas desta vez Paulo levou consigo um discípulo chamado Silas.
Paulo e seu companheiro foram a muitos lugares onde não haviam estado antes e o Espírito de Deus sempre os guiava aos lugares que estavam preparados para receber a mensagem do Evangelho.
Uma ocasião, enquanto esperava a confirmação de Deus sobre o lugar ande deveria ir, ele teve um sonho.
Naquele sonho, um homem se apresentou como o "o homem da macedônia", um país distante, e lhe dizia:
"Passa para a Macedônia e ajude-nos".
O povo macedônio era muito diferente do povo de Paulo, pois falavam um outro idioma, tinha outra cultura.
Paulo sabia que seria difícil pregar a este povo que nada sabia sobre o verdadeiro Deus.
Contudo o pedido do sonho..."Passa e ajuda-no: , foi entendido por Paulo como um sinal de Deus, para que o evangelho chegasse a países distantes e se Deus estava chamando para ir, também os havia de capacitar para realizar as obras de Deus.
Deus sempre guia aqueles que seguem a Jesus, e as vezes os guia por meio de sonhos, mas principalmente nos dirige através da sua Palavra, a bíblia.

Figura 18: Perseverança nas dificuldades

Figura 18: Perseverança nas dificuldades

At 16:16-35

Atravessando o mar para o país da Macedônia, Paulo e Silas chegaram a uma cidade chamada Filipos e lá ensinava o povo sobre Jesus, e muitos creram.
Havia naquele lugar, uma jovem escrava, que possuída pelo demônio, fazia adivinhações.
Paulo guiado por Deus, por uma ordem expulsou o espírito imundo.
Mas os donos da escrava que ganhavam dinheiro com a adivinhação ficaram muito zangados, prendendo a Paulo e Silas e levando-os perante a justiça.
Estas pessoas fizeram muitas falsas acusações contra eles.
As autoridades ordenaram que Paulo e Silas fossem colocados na prisão depois de serem chicoteados.
Paulo e Silas não haviam praticado nenhum crime, contudo sabiam que Deus estava no controle de tudo.
Naquela noite sendo difícil de dormir por causa de suas feridas, eles cantavam e louvavam a Deus.
Isto os fez sentirem-se melhor, e também ajudou, quando eles falavam de Jesus aos outros prisioneiros.
Naquela noite houve um grande terremoto, derrubando as portas da prisão e soltando as algemas que os prendiam.
O carcereiro pensando que os prisioneiros haviam fugido, arrancou sua espada e tentava se matar, por medo dos seus superiores, porém foi interrompido por Paulo, para que não fizesse tal, pois todos estavam lá.
O carcereiro trêmulo, entra com a luz e roga a Paulo dizendo:
"Senhores, que devo fazer para ser salvo?"
Paulo disse a ele:
"Crê no Senhor Jesus e será salvo".
E o carcereiro os levou para sua própria casa e cuidou de suas feridas e toda sua família creu em Jesus, sendo depois batizados.

Figura 19: O Deus desconhecido

Figura 19: O Deus desconhecido

At 17:16-34

Seguindo a viagem pela Macedônia, Paulo chegou a uma grande cidade chamada Atenas.
Naquela cidade o povo adorava muitos deuses de pedra, ouro e de prata. Mas o que muito chamou a atenção de Paulo, foi a quantidade de ídolos. Havia muitos filósofos em Atenas, e estes ensinavam ao povo maneiras de pensar e adoração de ídolos.
Paulo ensinava o povo na praça pública sobre Jesus.
Um dia estes pensadores convidaram a Paulo para falar em uma reunião especial, e então ele lhes disse:
"Senhores atenienses, vejo que são muito religiosos e quando andava pela cidade encontrei um altar dedicado ao 'Deus desconhecido'. Eu quero dizer a vocês que este Deus a quem vocês adoram sem conhecer é este que eu anuncio.
Dele recebemos a vida e tudo mais, pois nele nos movemos e existimos, Contudo este Deus não pode ser comparado à ídolos trabalhados em ouro e prata pela imaginação dos homens.
O Deus verdadeiro não levou em conta os tempos da ignorância até agora, porém notifica a todo homem em todos os lugares que se arrependam. Portanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo, através de alguém que enviou e ressuscitou dos mortos: Esta pessoa é Jesus Cristo".
Muitos zombaram de Paulo, contudo alguns creram encontrando o caminho da vida eterna.
É através de Jesus que conhecemos a Deus.

Figura 20: Um conflito em Corinto

Figura 20: Um conflito em Corinto

At 18:1-7

Continuando sua viagem pela macedônia, Paulo chega a Corinto, uma cidade muito perversa.
Havia também israelitas naquela cidade que causaram muitos problemas a Paulo, pois se opunham duramente a sua mensagem.
Uma noite o Senhor Jesus disse a Paulo:"Não temas, pelo contrário, fala e não te cales.
Pois tenho muita gente nesta cidade, Eu estou contigo e ninguém ousará fazer-te mal".
Paulo ficou em Corinto por muito tempo e muitos creram na sua mensagem.
Um dos líderes judeus prenderam a Paulo e o levou perante o governador acusando-o de ensinar mentiras.
Mas o governador não quis ouvir as acusações e os expulsou de sua corte.
Paulo porém nada sofreu.

Figura 21: A fé que persevera até mesmo em face da morte

Figura 21: A fé que persevera até mesmo em face da morte

At 21:27 - 22:24

Depois de viajar por muitos lugares levando a mensagem de Jesus Cristo, Paulo sentiu que Deus o estava dirigindo a Jerusalém.
Porém, muitas vezes o preveniram que muitos perigos o aguardavam, mas Paulo estava decidido a obedecer a Deus ainda que isto significasse passar por muitas dificuldades.
Quando chegou a Jerusalém ouviu que os judeus tinham divulgado muitas mentiras sobre seu ensino.
Ensinado por alguns irmãos em Cristo, Paulo se submeteu a um certo costume dos judeus, para mostrar que sempre fora fiel a Palavra de Deus.
E um dia quando foi ao templo, foi reconhecido por um dos que causaram dificuldades em certa cidade da Macedônia.
Estes judeus gritavam acusando-o:
"Este homem que anda por todo mundo ensinando costumes contra a Lei de Deus, chegou até aqui e até introduziu gentios no templo, fazendo-o impuro !
Imediatamente houve gritos e agarrando-o o arrastaram para fora do templo com a intenção de matá-lo.
Porém, o comandante da guarda romana, chegou a tempo de evitar o massacre, cessando o espancamento.
Paulo foi conduzido a uma prisão segura.
Mas antes de entrar, foi lhe concedida permissão para falar ao povo. Enquanto explicava ao povo a razão porque se tornou um seguidor de Jesus, o povo o ouvia em silêncio.
Mas em seguida voltaram a gritar palavras de ordem como:
"Mate-o, mate-o!
E para evitar um tumulto maior, o levaram para a prisão, para que fosse interrogado.
Paulo sofria muitas coisas por causa de sua fé, porém, o Senhor Jesus disse:
"Bem aventurados sois, quando por minha causa vos injuriarem e mentindo disserem todo mal contra vós. ..Alegrai-vos, porque grande é a vossa recompensa no céu".

Figura 22: Uma mensagem para os reis

Figura 22: Uma mensagem para os reis

At 25, 26

Paulo permaneceu no cárcere por dois anos, mas os judeus ainda o procuravam matar.
Porém o Senhor Jesus disse a Paulo:
"Não tenha medo, pois do modo como deu meu testemunho em Jerusalém, importa que também o dês em Roma".
Paulo foi levado perante o rei Agripa, porém não se
Teve medo.
E falou com muita coragem seu temunhou perante o rei e a rainha dos judeus sobre como Jesus o chamou para ser um mensageiro para os gentios. O rei Agripa quase creu em Jesus, sabendo que Paulo era inocente das acusações que lhe faziam, e libertá-lo, porém não tinha poder para fazê-lo. Porém Paulo depois de apresentar sua defesa, disse:
"Apelo para o tribunal de César"!
Foi decidido então que Paulo iria para Roma para apresentar perante o imperador.
Deus às vezes usa meios estranhos para cumprir sua vontade, contudo estejamos certos de que Ele nunca nos deixará, ou nos desamparará.

Figura 23: Com Deus nos perigos

Figura 23: Com Deus nos perigos

At 27:13-44

As autoridades mandaram Paulo como prisioneiro para Roma numa viagem de navio de muitas semanas.
No início a viagem foi calma, mas apesar disso, por divina revelação Paulo disse ao comandante que se continuasse, havia perigo de perder o barco, a carga e talvez vidas; porém ele não o quis ouvir e continuaram a viagem. Mais tarde houve uma terrível tempestade que durou muitos dias, e o povo pensou que iam morrer, mas um anjo trouxe uma mensagem para Paulo dizendo:
"Não se atemorize Paulo, convém que compareça perante o imperador, e nenhuma vida se perderá nesta viagem".
No próximo dia eles se aproximaram da terra e devido à tempestade o navio começou a afundar, mas todos os passageiros nadaram, chegando em segurança à praia.
Os moradores da ilha cuidaram muito bem deles .
Deus certamente tinha planos para sua Palavra também chegar a aquele lugar, pois fez milagres por meio de Paulo na cura de enfermos, enquanto Paulo lhes anunciava Jesus.

Figura 24: Paulo em Roma

Figura 24: Paulo em Roma

At 28:16-31

Alguns meses depois outro navio aportou em Malta e Paulo e os outros passageiros embarcaram para Roma.
Na capital de império romano, Paulo foi pôde morar numa casa sozinho mas os soldados de Roma o vigiava.
Os cristãos foram-se permitido visitas e lhe prestar assistência, enquanto Paulo os ensinava nos ensinos do Senhor Jesus.
Paulo permaneceu na prisão por dois anos e de lá escreveu muitas cartas para as igrejas inspirado por Deus, e estas cartas fazem parte da bíblia. Através delas ele ajudou muitos cristãos, e ainda nos ajuda hoje, porque é a mensagem de Deus para o homem.
Depois disso Paulo foi condenado à morte, mas eis algumas de suas palavras:
"Eu estou convencido de que nem a morte ou a vida ou qualquer outra criatura poderá nos separar do amor de Deus que foi mostrado em Cristo Jesus nosso Senhor".

Keterangan terkait