Barrabas

Grandes lignes: Story of Barabbas dramatized. Compares him to the listener-- Jesus came and died to set us free, took our place just as He took Barabbas' place. Ends with sinner's prayer.

Numéro de texte:005
Langue:Portuguese
Thème:Jesus, Our Substitute; Son of God; Sacrifice / Atonement; Shame; Eternal / everlasting life
Audience:Hindu; Buddhist; Catholic; Jewish; New Christian; Prisoners
Style:Monolog
Genre:Bible Story
Compréhension:General
Objectif:Evangelism
Citation biblique:Direct
Statut:Approved

Ce texte est la directive de base pour la traduction et l'enregistrement dans des langues étrangères. Il devrait être adapté selon différentes cultures pour garder sa pertinence. Certains termes peuvent être ajoutés ou retirés pour parfaire le résultat.

Corps du texte

Um certo criminoso mau chamado Barrabas, estava na cadeia. Logo ele seria pregado numa cruz e cruci-ficado com mais dois malfeitores.

Havia também outro homem, chamado Jesus. Ele era muito diferente de Barrabas. (Ele só fazia o que era bom) Ele era santo e puro. Ele era o Filho de Deus. Deus amou todo mundo e mandou Seu Filho, Jesus para os salvar de seus pecados. Jesus estava no mundo e o mundo fora feito por Ele. Mas a mundo nao o reconheceu. (As pessoas trataram-No vergonhosamente). Homens cruéis o prenderam. Outros contaram mentiras a Seu res-peito e fizeram planos para o crucificarem.

Mas todo ano (onde) era o costume (de quem) soltar um prisioneiro condenado. Pilatos, o governador, perguntou ao povo quem ele deveria soltar, a Jesus, ou a Barrabas? O povo gritou, (Se possível, use um grupo fora do microfone) "Deixe Barrabas ficar livre". Entao perguntou Pilatos, "Que farei com Jesus, chamado a Cristo"? Eles gritaram ainda mais (fora do microfone). "Crucifiquem-no, Crucifiquem-no"

Barrabas ainda estava no cárcere, e o dia se aproximava para que fosse morto. Chegou entao a hora, ele escutou o carcereiro descendo o corredor. (3 Seg.) Escutou a chave virar no trinco. (3 seg.) Ele sabia que era agora que receberia o castigo que merecia. O Carcereiro falou, "Barrabas... você está livre, Jesus Cristo de Na-zaré será crucificado no teu lugar.
Como? Livre? Como posso eu, Barrabas, estar livre? O carcereiro disse que Jesus vai morrer em meu lugar. Que noticia boa, Barrabas foi solto, apesar do castigo que merecia. (Aqui termina a historia de Barrabas).

Meus amigos, também ha uma boa noticia para vocês. Nós todos nascemos prisioneiros. Estamos encar-cerados pelos nossos próprios desejos. Jesus espontaneamente tomou nosso lugar. Por causa do nosso pecado mereciamos a morte. Mas Jesus morreu em nosso lugar, assim pagando o castigo dos nossos pecados. Nós po-demos estar livres se aceitarmos Jesus e a sua morte por nós.

A Palavra de Deus nos conta da morte de Jesus, e fala assim a Seu respeito: "Ele tomou no Seu próprio corpo os nossos pecados, para que nós, que estávamos presos pelos nossos pecados, pudéssemos ser livres para viver como Deus quer que vivamos. Deus diz que," Jesus foi traspassado pelas nossas transgressoes, e moido pelas nossas iniquidades, o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair so-bre Ele a iniquidade de nós todos.

Você gostaria de ser liberto do pecado também? Se assim desejar, ore e diga a Jesus. Tu és o meu Salva-dor e Senhor. Me perdoe e aceite-me. Eu quero seguir somente a Ti. Muito obrigado por me livrar do pecado e castigo eterno, morrendo em meu lugar. Me ajude a viver somente para Ti, e falar de Ti aos outros.
Ele te perdoará, e lhe dará vida eterna. Creia nEle e Ele te receberá.

Ref. Marcos 15:6-11 1 Pe.2:24, Luc.53:5,6