O paje Waiwai l

Esquema: True story of a witchdoctor in Brazil. Tells of dream and subsequent demonic experience connected with wild pigs and decision to be a witchdoctor; his power as such; then hearing about Jesus and turning to Him; the fear of the people for him andthemselves--- expectation of reprisal from the spirits. His experience as wild pigs (associated with the spirits) came; his lack of fear. His protection from them as he flouted all supersition, and eventual conversion of most of the village. Short application.

Número de guión:255
Idioma:Portuguese
Tema:Evil Spirits, demons; Witchcraft, paganism; Faith, trust, believe in Jesus; Syncretism
Audiencia:Animist
Estilo:Monolog
Tipo:Biographical story
Sofisticación:Simple
Propósito:Evangelism
Citación Biblica:Paraphrase
Estado:Approved

Este guión es una guía básica para la traducción y grabación en otros idiomas. Debe ser adaptados a diferentes culturas e idiomas para que sea relevante a cada área donde se utiliza. Algunos términos y conceptos utilizados pueden necesitar una explicación más detallada o incluso omitirse en diferentes culturas.

Guión de texto

Na tribo dos Waiwais, havia um homem chamado Elka. Esse era um grande pajé. Curava muitas pessoas. Eu vou lhes contar a historia dele.

Quando jovem ele teve um sonho. Sonhou que caçava os porcos do mato. Encontrou-se com uma manada, levan-tou seu arco para atirar, mas nao pode soltar a flecha. Os porcos fugiram, mas o maior deles ficou e olhando a Elka lhe disse, "Nao atira em nos. Mas derruba frutas para nos comermos. Sede um pajé. Depois nunca mais comera a nossa carne, porque certamente heis de morrer se o fizeres." Foi isso que o porco disse a Elka. Isso era o sonho dele.

No dia seguinte ele foi caçar, e encontrou porcos selvagens. Atirou uma flecha, mas errou por muito. Outra vez atirou e errou. O maior porco se colocou bem em frente dele e olhou a Elka, bem de perto. Elka ergueu o braço e soltou a flecha. A flecha caminhou certinho ao porco. Mas de repente a flecha pulou a meio caminho, e passou por cima do porco sem lhe fazer dano algum. Como poderia acontecer algo tao absurdo assim? Elka ficou com medo.


Retornando-se à aldeia, Elka contou ao pajé a respeito do seu sonho, e o que tinha ocorrido naquela manha. O pajé lhe disse, "Tu também hás de ser pajé. O espirito do porco selvagem será o teu recurso, o teu auxilio especial.

Entao Elka chegou a ser um pajé. Aprendeu todas as danças e cânticos. Ele tinha influência com todos os espíritos. Curava bem o povo, e a sua fama espalhou por toda a terra.

Depois de uns tempos, chegaram à tribo dos Waiwai, certos homens que lhes contavam acerca de Jesus. Elka ouviu como Jesus curava muita gente. Jesus curava os casos difíceis, e nao usava as pedrinhas, cantos e fumaça. Nao usava nada. Ele apenas falava, e imediatamente, os doentes eram curados. "Jesus é forte, Ele é bom." Assim pen-sou Elka.

Elka foi convidado a renunciar os espíritos. "Jesus está contra os espíritos. Nao tenhas medo dos espíritos, siga a Jesus." Assim os homens lhe falaram.

A mulher de Elka lhe disse, "Lembras de que todo o pajé que tem renunciado os espíritos tem sofrido uma morte violenta (os espíritos comeram o espirito dele ou os espíritos o mataram)." "Sim, disse Elka, e verdade." Mas no seu intimo ele sabia que seria melhor servir a Jesus do que aos espíritos. Elka pensou consigo mesmo, "Que hei de fazer? Será que vou morrer?"
No outro lado deste cassete , lhe contarei o que aconteceu.