O paje Waiwai l

إستعراض: True story of a witchdoctor in Brazil. Tells of dream and subsequent demonic experience connected with wild pigs and decision to be a witchdoctor; his power as such; then hearing about Jesus and turning to Him; the fear of the people for him andthemselves--- expectation of reprisal from the spirits. His experience as wild pigs (associated with the spirits) came; his lack of fear. His protection from them as he flouted all supersition, and eventual conversion of most of the village. Short application.

رقم النص:255
لغة:Portuguese
الفكرة:Evil Spirits, demons; Witchcraft, paganism; Faith, trust, believe in Jesus; Syncretism
الجماهير:Animist
نمط:Monolog
فصيل:Biographical story
المستوى الإدراكى:Simple
الغرض:Evangelism
نص من الإنجيل:Paraphrase
حالة:Approved

هذا النص هو دليل أساسى للترجمة والتسجيلات فى لغات مختلفة. و هو يجب ان يعدل ليتوائم مع اللغات و الثقافات المختلفة لكى ما تتناسب مع المنطقة التى يستعمل بها. قد تحتاج بعض المصطلحات والأفكار المستخدمة إلى شرح كامل أو قد يتم حذفها فى ثقافات مختلفة.

النص

Na tribo dos Waiwais, havia um homem chamado Elka. Esse era um grande pajé. Curava muitas pessoas. Eu vou lhes contar a historia dele.

Quando jovem ele teve um sonho. Sonhou que caçava os porcos do mato. Encontrou-se com uma manada, levan-tou seu arco para atirar, mas nao pode soltar a flecha. Os porcos fugiram, mas o maior deles ficou e olhando a Elka lhe disse, "Nao atira em nos. Mas derruba frutas para nos comermos. Sede um pajé. Depois nunca mais comera a nossa carne, porque certamente heis de morrer se o fizeres." Foi isso que o porco disse a Elka. Isso era o sonho dele.

No dia seguinte ele foi caçar, e encontrou porcos selvagens. Atirou uma flecha, mas errou por muito. Outra vez atirou e errou. O maior porco se colocou bem em frente dele e olhou a Elka, bem de perto. Elka ergueu o braço e soltou a flecha. A flecha caminhou certinho ao porco. Mas de repente a flecha pulou a meio caminho, e passou por cima do porco sem lhe fazer dano algum. Como poderia acontecer algo tao absurdo assim? Elka ficou com medo.


Retornando-se à aldeia, Elka contou ao pajé a respeito do seu sonho, e o que tinha ocorrido naquela manha. O pajé lhe disse, "Tu também hás de ser pajé. O espirito do porco selvagem será o teu recurso, o teu auxilio especial.

Entao Elka chegou a ser um pajé. Aprendeu todas as danças e cânticos. Ele tinha influência com todos os espíritos. Curava bem o povo, e a sua fama espalhou por toda a terra.

Depois de uns tempos, chegaram à tribo dos Waiwai, certos homens que lhes contavam acerca de Jesus. Elka ouviu como Jesus curava muita gente. Jesus curava os casos difíceis, e nao usava as pedrinhas, cantos e fumaça. Nao usava nada. Ele apenas falava, e imediatamente, os doentes eram curados. "Jesus é forte, Ele é bom." Assim pen-sou Elka.

Elka foi convidado a renunciar os espíritos. "Jesus está contra os espíritos. Nao tenhas medo dos espíritos, siga a Jesus." Assim os homens lhe falaram.

A mulher de Elka lhe disse, "Lembras de que todo o pajé que tem renunciado os espíritos tem sofrido uma morte violenta (os espíritos comeram o espirito dele ou os espíritos o mataram)." "Sim, disse Elka, e verdade." Mas no seu intimo ele sabia que seria melhor servir a Jesus do que aos espíritos. Elka pensou consigo mesmo, "Que hei de fazer? Será que vou morrer?"
No outro lado deste cassete , lhe contarei o que aconteceu.